Antigo Egito

Arqueólogos descobrem imagem de “guardião dos mortos” em necrópole do Antigo Egito

Por: HISTORY Brasil

Ao escavar uma necrópole na cidade de Aswan, no Egito, arqueólogos tiveram uma surpresa. Na tampa quebrada de um sarcófago, eles encontraram a imagem colorida da face de um leopardo. De acordo com os especialistas, a figura do animal representaria uma espécie de guardião dos mortos. 

A necrópole onde a figura do leopardo foi encontrada fica às margens do rio Nilo e data do século VII a.C. No local, os arqueólogos se depararam com 300 sarcófagos. Segundo os pesquisadores, a necrópole foi utilizada para sepultar os mortos por cerca de mil anos, até o século IV d.C.



No Antigo Egito, os leopardos representavam determinação e poder. A imagem do animal na tumba provavelmente pretendia fortalecer o espírito do recém-falecido para a viagem à terra dos mortos. Segundo arqueólogos da Universidade de Milão, a pintura provavelmente ficava alinhada com a cabeça da múmia que estava no interior do sarcófago.

Como a tampa do sarcófago estava quebrada, os arqueólogos reconstruíram digitalmente a pintura do leopardo. Outras tumbas da necrópole continham 35 múmias, além de vários objetos funerários, como vasos de betume para mumificação, máscaras de linho, papiros e oferendas de alimentos para a viagem em direção à vida após a morte.




Fonte: Live Science 

Imagens: Universidade de Milão/Reprodução