ALIENÍGENAS

Astrônomos identificam 29 planetas de onde alienígenas poderiam observar a Terra

Civilizações extraterrestres poderiam interceptar sinais da existência humana (como transmissões de rádio e TV)
Por: HISTORY Brasil

Em um novo estudo, pesquisadores listaram os locais do Universo de onde alienígenas poderiam observar a Terra. De acordo com os pesquisadores, mais de mil sistemas estelares na nossa "vizinhança" teriam uma vista privilegiada para a esfera azul que chamamos de lar. Além disso, 29 planetas potencialmente habitáveis estão em regiões de onde seria possível interceptar sinais da existência humana (como transmissões de rádio e TV).

Observadores alienígenas

A pesquisa foi liderada por Lisa Kaltenegger, professora de astronomia e diretora do Instituto Carl Sagan da Cornell University, em Nova York, nos Estados Unidos. Ela e seus colegas identificaram 1.715 sistemas estelares nas proximidades da Terra. Teoricamente, observadores alienígenas que vivessem nesses locais poderiam ter descoberto a Terra nos últimos 5 mil anos ao observar nosso planeta transitar na frente do sol.



Para descobrir quais sistemas estelares próximos estão em posição propícia para observar o trânsito da Terra, Kaltenegger e Jackie Faherty, astrofísica do Museu Americano de História Natural, consultaram o catálogo Gaia da Agência Espacial Europeia de posições e movimentos das estrelas. Assim, elas localizaram milhares de locais em potencial de onde eventuais civilizações extraterrestres poderiam identificar a nossa existência. 

Entre os locais identificados, está um planeta que tem quase duas vezes o tamanho da Terra e orbita uma estrela conhecida como Ross 128, uma anã vermelha na constelação de Virgem. Localizado a cerca de 11 anos-luz de distância, o exoplaneta está próximo o suficiente para receber transmissões terráqueas. A 45 anos-luz de distância, outra estrela, chamada Trappist-1, hospeda pelo menos sete planetas, quatro deles na zona habitável temperada. Caso houvesse vida inteligente nesses mundos, de lá também seria possível captar transmissões humanas. 



VER MAIS


Fonte: The Guardian

Imagens: iStock.com