ARQUEOLOGIA

Caçador de tesouros amador encontra faca medieval ao usar detector de metais na Escócia

Por: HISTORY Brasil

Usando um detector de metais, o caçador de tesouros amador Craig Johnstone encontrou uma rara faca da Idade Média nas proximidades de Penicuik, na Escócia. O artefato estava dentro de uma bainha, protegido por dois pedaços de couro. Especialistas acreditam que a peça seja de algum período entre 1191 e 1273. 

A pequena faca, com lâmina de sete centímetros, foi encontrada em um bosque, coberta de lama. Johnstone levou a peça para ser avaliada por um especialista independente em Edimburgo. “Ele sabia que era do período medieval, mas não se deu conta que era tão antiga. Ele pensou que talvez fosse do século XVI", disse o escocês.



Só depois que o artefato foi submetido a exames de datação com carbono é que foi possível determinar que ele tinha cerca de 800 anos. "É uma peça muito decorada para a época", afirmou. Johnstone. Segundo ele, originalmente a lâmina seria revestida com uma folha de prata, enquanto o cabo de bronze teria sido coberto de ouro. Pesquisadores do governo da Escócia devem estudar a faca de forma mais aprofundada. Os especialistas classificaram o objeto de "incomum". 

Johnstone comprou o detector de metais há apenas seis meses, mas a faca medieval já é o segundo tesouro arqueológico localizado por ele. Antes disso, o escocês havia encontrado uma ponta de lança de Idade do Bronze, datada aproximadamente do ano 1500 a.C. Ele vendeu a peça por £ 200 (cerca de R$ 1.386).


Fonte: Edinburgh News



Imagem: Reprodução