BUDISMO

Estátua milenar de Buda gigante sem cabeça é encontrada entre prédios na China

Por: HISTORY Brasil

Uma  gigantesca estátua de Buda foi encontrada abaixo de um complexo de apartamentos residenciais em Chongqing, no sudoeste da China. A escultura foi descoberta durante os trabalhos de manutenção de uma das fachadas dos edifícios, para a surpresa dos vizinhos.  A figura, que estava encoberta pela vegetação, fica exatamente entre dois dos prédios.

Segundo os especialistas, a estátua tem cerca de mil anos e estava servindo de suporte estrutural para o bloco de apartamentos. Ela tem cerca de 9 metros de altura, não possui cabeça. Enquanto isso, as mãos do Buda estão posicionas no abdômen, em repouso. A peça milenar também está com o pé esquerdo bastante danificado.



Mesmo que os residentes mais jovens não soubessem de sua existência até o momento da descoberta, alguns dos moradores mais velhos se lembravam da estátua. Um deles, um homem de 60 anos, afirmou que em sua juventude o Buda ainda tinha cabeça. Outro disse que no local havia um templo budista que foi demolido durante a construção dos prédios, na década de 1980. 



Ambos os moradores têm boa memória. De acordo com especialistas, a cabeça do Buda foi destruída na década de 1950. Além disso, um templo chamado Leizu realmente funcionou no local entre 1910 a 1940 e foi desativado em 1987. Os dois edifícios residenciais foram construídos no local do templo em 1990. A escultura foi reconhecida como patrimônio cultural na década de 1990, mas isso não serviu para evitar que ela fosse abandonada. 


Fontes: La Nación e South China Morning Post

Imagem: Shanghai Daily/Reprodução