HISTÓRIA EM QUADRINHOS

Nova Mulher-Maravilha das histórias em quadrinhos é brasileira

A nova Mulher-Maravilha das histórias em quadrinhos é brasileira. A editora DC Comics anunciou que identidade da heroína será assumida por uma personagem recém-criada chamada Yara Flor, uma indígena da floresta amazônica. Além disso, ela também viverá aventuras ao lado do novo Superman (Jon, filho de Clark Kent).

"Ela é do Brasil, mas é uma imigrante nos Estados Unidos. Também tem esse elemento na história dela", afirmou Jamie S. Rich, editor da DC. Yara fará parte da série Future State, que começa a ser publicada em janeiro de 2021 e deve durar dois meses. A nova saga unirá personagens clássicos e novos. 

Ao contrário da Mulher-Maravilha original, a deusa amazona Diana Prince, Yara é humana. "Esta é uma chance de meio que voltar a uma das raízes antigas da Mulher-Maravilha, na qual Diana tentava ser uma humana e aprender como ser humana. Agora vamos na direção oposta - como uma humana aprende a ser uma deusa?", comentou Rich.

Ao que tudo indica, Yara pertence a uma tribo de amazonas brasileiras cuja estreia aconteceu na revista "Wonder Woman Annual #4", publicada em agosto. Apesar de assumir a identidade da Mulher-Maravilha, Yara Flor não substituirá Diana Prince. A personagem clássica será protagonista de sua própria saga: Immortal Wonder-Woman.


Fontes: Estadão, G1, Splash e Omelete

Imagem: DC Comics/Reprodução