diplomacia

O curioso caso do fazendeiro que alterou sem querer a fronteira entre dois países

Agricultor mudou de lugar uma pedra que, desde 1820, delimitava Bélgica e França
Por: HISTORY Brasil

Ao fazer um passeio em uma floresta perto da vila belga de Erquelinnes, um historiador amador notou um fato curioso. Um bloco de pedra que há 200 anos marcava a fronteira entre a Bélgica e a França havia mudado de lugar. Foi quando ele descobriu que um fazendeiro local era o responsável por alterar os limites geográficos entre os dois países.

Tudo começou quando um produtor agrícola belga decidiu mover a pedra centenária de 150 quilos. Segundo especialistas, o bloco deveria estar a 2,29 metros do local onde foi realocado. Com a mudança, a Bélgica aumentou sua extensão territorial, enquanto a França diminuiu de tamanho.



Algumas testemunhas dizem que o fazendeiro teria tirado a rocha do lugar para ampliar seu terreno, enquanto outros garantem que foi para manobrar melhor seu trator. Teoricamente, ele poderia até responder criminalmente pela mudança. “Não temos interesse em expandir a cidade, nem o país. Ele tornou a Bélgica maior e a França menor. Não é uma boa ideia", disse David Lavaux, prefeito de Erquelinnes.

Representantes dos dois países irão pedir ao agricultor que coloque a pedra da fronteira no local original. No caso de não cumprimento desta solicitação, a questão poderia acabar no Ministério das Relações Exteriores da Bélgica. Nesse caso, o órgão poderia convocar uma comissão para discutir a fronteira franco-belga, fato que não acontece desde 1930.



VER MAIS:


Fonte: The Guardian

Imagens: Istock e David Lavaux/Prefeitura de Erquelinnes/Reprodução