Tá Na História

A origem do Cristo Redentor: fruto do sonho e alvo de raios destruidores

Conheça histórias e curiosidades sobre um dos maiores cartões-postais do Brasil
Por: Thiago Gomide, do Tá Na História

Como surgiu a estátua do Cristo Redentor, uma das sete maravilhas do mundo moderno? 



Cristo Redentor: a origem

Construída parcialmente na França, a estátua era o sonho de muita gente e de muitos anos.  A ideia original foi do padre Pedro Maria Bos, que defendia desde o Império que o Rio de Janeiro precisava de uma benção especial. 

Para a inauguração acontecer, o cardeal Sebastião Leme conseguiu com que pobres e, especialmente, ricos abrissem a carteira para colaborar financeiramente na construção. Escoteiros, como o jovenzinho João Havelange, futuro presidente da FIFA, bateram de porta em porta atrás de grana. 

Não foi de primeira que a estátua previa o Cristo, que tem 38 metros de altura, com os braços abertos, da maneira que ficou eternizada. Antes cogitava-se o Salvador segurando uma cruz em uma mão e em outra empunhando o globo terrestre. Além de difícil observação a distância, ficava muito melhor aquele gesto que sugeria um abraço e religiosamente parece uma cruz. 



Foram cinco anos para o monumento ficar pronto, com etapas na França, como disse, e no Brasil. 

Por que o Cristo tem dois corações? Quais partes da estátua foram destruídas por causa dos raios? É verdade que o Corcovado não foi a primeira opção para instalarem o Cristo? Onde seria? Essas e muitas outras perguntas são respondidas pelo Tá na História. Aperte o play e saiba tudo.


THIAGO GOMIDE é historiador e jornalista. Pós-graduado em História do Brasil e Mestre em História, Bens Culturais e Política pela FGV. Foi apresentador e editor do Canal Futura e diretor da MultiRio, ambos dedicados à educação. Além de ser o responsável pelo conteúdo do Tá na História, atualmente assina a coluna "Coisas do Rio", no jornal O Dia, e é presidente da rádio Roquette-Pinto.

A proposta do Tá na História é oferecer conteúdos que promovam conhecimento sobre personagens e fatos históricos, principalmente do Brasil. Tudo isso, claro, com bom humor e muita curiosidade. 


Imagem: iStock.com