RELIGIÃO

Papiro que faz referência à Última Ceia é analisado por pesquisadores. Leia aqui um dos trechos das escritas do fragmento.

Por: HISTORY Brasil

Um fragmento de um papiro grego de 1500 anos de idade, com uma mensagem que faz referências à passagem bíblica da Última Ceia e ao "maná do céu", pode ser um dos mais antigos amuletos cristãos, acreditam pesquisadores. Maná, de acordo com o Êxodo, é um alimento produzido milagrosamente e fornecido por Deus ao povo israelita.

O fragmento foi, provavelmente, usado e dobrado dentro de um medalhão ou pingente como uma espécie de feitiço de proteção, de acordo com a pesquisadora Roberta Mazza. Ela descobriu o artefato quando estava analisando milhares de papiros mantidos no cofre da biblioteca do Instituto de Pesquisa John Rylands na Universidade de Manchester, no Reino Unido.



"Esta é uma descoberta importante e inesperada, pois é um dos primeiros registros do uso de magia no contexto cristão e o primeiro encanto já encontrado para se referir à Eucaristia - a Última Ceia - como o maná do Antigo Testamento," afirmou Mazza, por meio de um comunicado.

O texto do papiro é uma mistura de trechos do Salmos 78: 23-24 e Mateus 26: 28-30, entre outros, disse Mazza, que é uma pesquisadora do Instituto John Rylands. Acredita-se que o documento tenha origem de alguma cidade antiga do Egito. Uma análise de carbono data o fragmento entre os anos 574 e 660. A descoberta de Mazza foi apresentada esta semana em uma conferência internacional de papiros no instituto de pesquisa da Universidade de Manchester. De acordo com a pesquisadora, o achado revela que os cristãos adotaram uma prática egípcia de usar “encantos” para afastar perigos.



O amuleto foi escrito no verso de um recibo que parece ser do pagamento de um imposto sobre grãos. O texto do recibo, quase ilegível, faz menção a um coletor de impostos da vila de Tertembuthis, localizada na zona rural de Hermoupolis, uma antiga cidade que é hoje a cidade egípcia de El-Ashmunein.

Confira abaixo uma tradução livre do papiro:

“Temam todos aquele que governa sobre a Terra. Saiba você as nações e povos que Cristo é o nosso Deus. Pois ele falou e eles vieram a ser, ele mandou, e logo foram criados; ele pôs tudo sob os nossos pés e nos libertou do desejo de nossos inimigos. Nosso Deus preparou uma mesa no deserto sagrado para o povo e deu o maná da nova aliança para comer, o corpo imortal do Senhor e o sangue de Cristo derramado por nós na remissão dos pecados.”

Fonte:

Live Science