Início

Elon Musk revela que decidiu investir em foguetes quando estava em Florianópolis

Ideia de fundar a SpaceX surgiu durante conversa na capital catarinense, no ano 2000

Elon Musk, fundador e CEO da Tesla Motors e da SpaceX, fez uma revelação surpreendente envolvendo o Brasil durante uma entrevista recente. Na conversa, conduzida por seu amigo Peter Diamandis (fundador do prêmio XPrize, que incentiva financeiramente projetos inovadores), o bilionário contou que uma de suas decisões mais importantes aconteceu quando estava em Florianópolis (SC). Foi nessa viagem que ele resolveu investir na construção de foguetes.

Elon Musk em Florianópolis no ano 2000

Na conversa, Musk relembra a Diamandis que a decisão foi tomada durante uma conversa entre os dois, quando os amigos estavam na capital catarinense, no ano 2000. "Foi em Florianópolis, e você tentou me convencer a não abrir uma empresa de foguetes", disse Musk. "Você disse que eu perderia muito dinheiro, e provavelmente estava certo", brincou. Confira abaixo o trecho da conversa (em inglês).

Ignorando o conselho de Diamandis, Musk fundou a SpaceX em 2002. A empresa foi criada com o objetivo de reduzir os custos de transporte espacial e permitir a colonização de Marte. No final de 2012, a companhia já tinha mais de 40 lançamentos de foguetes contratados, o que representava cerca de 4 bilhões de dólares em receita. Os contratos incluíam clientes comerciais e governamentais.

Elon Musk revela que decidiu investir em foguetes quando estava em Florianópolis - 1

Em 2014, a SpaceX assinou um contrato de US$ 2,6 bilhões com a agência espacial dos EUA para concluir seis  missões de transporte de astronautas com destino à Estação Espacial Internacional. A ideia é que esses veículos particulares acabem com a dependência da NASA de utilizar a sonda russa Soyuz para levar seus astronautas ao espaço. O primeiro desses voos aconteceu em 2020, enquanto a segunda missão tripulada foi concluída na semana passada.

VER MAIS:


Fontes: NSC Total e Yahoo Finanças

Imagens: Naresh777 / Shutterstock.com e NASA/Bill Ingalls/Divulgação