astronomia

Colisão cósmica: é desta forma que nossa galáxia se chocará com Andrômeda

Telescópio Hubble capturou imagens que são uma prévia do que acontecerá com a Via Láctea no futuro
Por: HISTORY Brasil

O Telescópio Hubble capturou imagens históricas de um "cabo de guerra espacial" no sistema galáctico Arp 195, a 389 anos luz da Terra, na constelação do Lince. O flagrante mostra o devastador processo de colisão e fusão entre três galáxias gêmeas. De acordo com os pesquisadores, um fenômeno parecido acontecerá no futuro distante, quando a Via Láctea se chocará contra Andrômeda.

Fusão de galáxias

No caso de Arp 195, os astrônomos explicam que, eventualmente, as três galáxias se fundirão em uma. Apesar de isso parecer apocalíptico, há tanto espaço entre as estrelas dentro delas que é bastante improvável que elas colidam umas com as outras. Na verdade, a fusão deve aumentar o número de estrelas nascendo na nova galáxia resultante.




Arp 195: imagem captada pelo Hubble mostra colisão entre três galáxias

O fenômeno é uma espécie de prévia do grande choque envolvendo a nossa galáxia que está previsto para acontecer daqui a 4,5 bilhões de anos. Devido ao enorme poder gravitacional de Andrômeda e Via Láctea, ambas estão destinadas a colidir um dia. Elas devem se fundir em uma gigantesca entidade galáctica que os astrônomos chamam de Lactômeda. Confira abaixo uma simulação da colisão entre as duas galáxias:



Há alguns anos, um outro estudo encontrou evidências de galáxias mais antigas sugadas pela força gravitacional de Andrômeda. Os cientistas observaram que aglomerados de estrelas foram deixados para trás como um tipo de farelo estelar resultante de antigas colisões e fusões com Andrômeda. O estudo sugere ainda que esse histórico de "canibalismo galáctico" começou há cerca de 10 bilhões de anos.

VER MAIS


Fontes: Live Science e ABC

Imagens: iStock e ESA/Hubble & NASA, J. Dalcanton/Divulgação