Início

Caixas misteriosas que apareceram na Bahia vieram de navio nazista

Cargueiro alemão Rio Grande foi afundado por forças dos Estados Unidos em 1944
Por History Channel Brasil em 03 de Agosto de 2021 às 20:16
Caixas misteriosas que apareceram na Bahia vieram de navio nazista-0

Caixas misteriosas voltaram a aparecer no litoral do nordeste brasileiro (dessa vez, na Bahia). Desde 2018, esses fardos maciços de borracha têm sido encontrados em praias de estados como o Ceará e Alagoas. De acordo com pesquisadores, o material vem de um navio nazista afundado por forças dos Estados Unidos em 1944.

Cargueiro nazista 

As pistas para desvendar a origem das caixas apareceram há dois anos, quando os pesquisadores identificaram uma inscrição em um dos fardos. A marcação indicava que o material era proveniente da Indochina Francesa. Esse território, situado nos atuais Vietnã, Laos e Camboja, era uma colônia da França, mas durante a Segunda Guerra foi dominado pelos japoneses, que, juntamente com alemães e italianos, compunham o bloco conhecido como Eixo.

Caixas misteriosas que apareceram na Bahia vieram de navio nazista - 1

Ao prosseguir as investigações, os pesquisadores descobriram que o material estava a bordo do cargueiro nazista Rio Grande, afundado pela Marinha dos Estados Unidos em 4 de janeiro de 1944. O navio alemão transportava uma carga de 500 toneladas de estanho, 2.370 toneladas de cobre e 311 toneladas de cobalto, além de borracha crua com marcações da Indochina francesa. Após o naufrágio, seus sobreviventes conseguiram sair em pequenos botes, desembarcaram em Fortaleza e foram presos na 10ª Região Militar.

A embarcação foi encontrada em 1996, a cerca de 5.700 metros de profundidade, a mil quilômetros da faixa litorânea nordestina. Em uma simulação que levou em conta fatores como direção das correntes marítimas, temperatura, salinidade e ventos, os cientistas verificaram que é plausível que a embarcação seja a fonte das caixas misteriosas que aportaram no nordeste.

VER MAIS


Fonte: G1

Imagens: Instituto de Ciências do Mar (LABOMAR)/Universidade Federal do Ceará