Início

Impressionantes esfinges que representam avô de Tutancâmon são encontradas no Egito

Reinado de Amenófis III correspondeu a uma era de paz, prosperidade e de esplendor artístico
Por History Channel Brasil em 21 de Janeiro de 2022 às 19:49
Impressionantes esfinges que representam avô de Tutancâmon são encontradas no Egito-0

Escavações em Luxor, no Egito, revelaram duas grandes esfinges que representam o faraó Amenófis III, avô de Tutancâmon. As esculturas de calcário foram encontradas nas ruínas do templo funerário do governante egípcio, que esteve no poder entre os anos 1389 a.C e 1351 a.C., aproximadamente. No local, também foram localizados três bustos de Sekhmet, deusa da guerra.

Segundo os pesquisadores, as esfinges, que medem cerca de 8 metros, estavam parcialmente submersas no local conhecido como "Templo dos Milhões de Anos". As estátuas retratam o faraó usando um cocar, barba real e um colar largo. Após uma análise mais detalhada, a equipe encontrou uma inscrição dizendo "o amado de Amun-Re" no peito de uma das esculturas (o texto faz referência a Amon, deus do Sol). 

Busto de Sekhmet, deusa da guerra
Busto de Sekhmet, deusa da guerra

O templo de Amenófis III já foi uma das edificações mais imponentes de Luxor. No entanto, foi erodido por milhares de anos de inundações e pelo menos um terremoto. A descoberta das esfinges faz parte de um trabalho de décadas realizado nas ruínas da estrutura.

O longo reinado de Amenófis III correspondeu a uma era de paz, prosperidade e de esplendor artístico no Antigo Egito. Enquanto esteve no poder, o faraó mandou construir uma série de edifícios, entre eles o templo funerário onde as esfinges foram descobertas. Quando ele morreu, no 38º ou 39º ano de seu reinado, foi sucedido por seu filho Amenófis IV, que mais tarde mudou seu nome para Aquenáton.

Fontes
Daily Mail e Vice
Imagens
Ministério do Turismo e das Antiguidades do Egito/Divulgação