ARQUEOLOGIA

Pesquisadores desvendam mistério por trás de estrutura em forma de pirâmide na Síria

O monte foi construído há mais de 4300 anos por uma civilização desconhecida que vivia na Mesopotâmia
Por: HISTORY Brasil

Na década de 1990, arqueólogos descobriram um misterioso monte em forma de pirâmide no sítio arqueológico de Tell Banat, na Síria. Até hoje, os pesquisadores não entendiam o propósito da estrutura. Mas o enigma pode ter sido desvendado em um novo estudo.

Monte feito de corpos

Segundo uma equipe da Universidade de Toronto, no Canadá, a estrutura é o mais antigo monumento de guerra do mundo. O monte foi construído há mais de 4300 anos por uma civilização desconhecida que vivia na Mesopotâmia. De acordo com os pesquisadores, o chamado Monumento Branco contém os restos mortais de guerreiros.



Referências a esses tipos de monumentos já haviam sido encontrados em antigos escritos da Mesopotâmia. Eles eram formados por corpos empilhados de companheiros de batalhas ou inimigos mortos em combate, formando uma estrutura organizada. Segundo Anne Porter, professora da Universidade de Toronto, a descoberta mostra que os povos antigos também honravam os combatentes mortos em guerras.

"Sabemos que eles (os habitantes do local) traziam os corpos dos mortos de algum outro lugar, talvez muito depois do evento, e os enterravam em um monte enorme que era visível a quilômetros de distância", afirmou Porter. O novo estudo foi realizado baseado em evidências coletadas antes que o sítio arqueológico fosse submerso para a construção de uma represa, em 1999.



VER MAIS:


Fonte: Live Science

Imagens: Euphrates Salvage Project & Antiquity Publications/Universidade de Toronto